quinta-feira, 22 de julho de 2010

Síndrome do Gato Paraquedista!

Mas afinal... o que diabos é isso!!

O termo “Síndrome do gato paraquedista” surgiu na Espanha e é definido aqui no Brasil como “Síndrome da queda de grande altura”, um fenômeno que ocorre com gatos que vivem em apartamentos e acidentalmente sofrem grandes quedas.

Devido ao aumento populacional, há um maior número de pessoas que moram em apartamentos e muitas dessas pessoas criam gatos! Todo mundo sabe que não existe bicho mais curioso do que gato e são bastantes habilidosos em andar em locais estreitos e altos...
Quando o apartamento não tem tela de proteção, o animal pode cair por vários fatores: Dormindo na varanda, desequilíbrio, caçando pássaros ou borboletas... enfim... ele pode cair!
Curiosamente estudos comprovam que gatos que caem de uma altura superior ao 7ºandar de um prédio apresentam mais chances de sobreviver do que aqueles que caem de alturas menores.
Isso se explica devido ao fato de que quanto maior o tempo da queda, mais tempo o gato tem para rotacionar sua cabeça e colocar-se em posição quadrupedal, distribuindo melhor o peso do corpo e amortecendo a queda, além da capacidade de abertura das quatro patas, fato que aumenta a resistência do ar e diminui a velocidade da queda.

Os gatos afastam progressivamente o membro do corpo, adotando uma postura de planador, sempre que a queda supera o sexto andar, para diminuição da velocidade e redução dos traumas torácicos e faciais.
Legal né?
Porém devemos nos lembrar de que cada caso é um caso e alguns animais podem não estar aptos a desenvolver esse sistema (idosos, obesos ou gatos que estavam dormindo por exemplo) e essa teoria pode ser falha.
Portanto, para evitar colocar a vida de nossos gatinhos em risco, devemos telar todas janelas e varandas.


Não teste o seu gato pra ver se esse fenômeno funciona nem a teoria do gato flutuante ¬¬

bjinhos ;*

9 EcoChatos:

Dorgado Nascimento Batista disse...

Seguindo...segue também:

www.dorgasmanollo.blogspot.com

Luiz Brisa disse...

interessante
seguindo
^^

http://vagalnerdkawai.blogspot.com/
se puder vota la ^^

Lindah disse...

Interessante ²
Dá até vontade de testar com o gato aqui da minha casa, detesto ele. Mas já que vc pediu ..
KKKK.
bjs

Naírla Silva disse...

se eu tivesse um gato eu testava rs. bjs

http://coposcheiosdevodkaerocknroll.blogspot.com/

May disse...

Atoooooro a teoria do gato flutuante. Simplesmente sensacional! Newton? Einstein? Prrff... Isso sim é que é genialidade!

Karla Hack disse...

A minha gata tem seus momentos de gata flutante... Mas geralmente quando ela está tão distraída que cai... ehhehehe
;P

Anselmo disse...

ueAHUAEhaeUHEA .. amei .. é e verdade .. ja vi em gatos do vizinho acontecer isso, mas faz parte.

Clarice Ferreira disse...

Essa matéria é tão fofinha e bunuitnha e útil! amei! Eu tenho um gato obeso, então acho q nçao posso testar c o meu gatinho né? hasuhasuhuash

depois passa lá no meu blog

www.penadeprata.blogspot.com

Pedro Christo disse...

Ja vi um documentario no discovery que falaramq ue a forma que o gato se contorse no ar diminui e muito a velocidade de queda, fora a forma que ele "pousa" que amortesse e muito diminuindo as lesoes


http://blogdesvio.blogspot.com/

Postar um comentário

Gostou? Então comenta! =D
Podem elogiar e criticar, mas peço que leiam.

Related Posts with Thumbnails