segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Seu animal ta estressado? Se ligue nos sinais!

Não é só o ser humano que pode ficar estressado e se prejudicar com isso. Os cães também se estressam. Seu animal se coça tanto que fere a pele? Tem problema de pele em algumas situações? Se morde? Arranca o pêlo? Faz xixi quando vê alguém? Isso tudo pode ser sinal de estresse!
Passar por momentos de estresse é normal. Se não houver exagero, o estresse até ajuda a preparar o organismo para lidar com situações perigosas ou aversivas. Nesses casos, a energia consumida supera a armazenada.

Sob condições adversas, tais como: transporte, mudança de ambiente ou na rotina da casa, morte do dono ou na família e viagens, os animais podem reagir com mudanças fisiológicas e/ou comportamentais. Ficar sozinho é um desses casos. O estresse pode vir também de fatos como estar na presença de visitas, tomar banho, ser vestido com uma roupinha, ouvir barulhos, ainda que comuns para nós, ou estar diante de uma situação nova, como a chegada de um bebê humano.
Os sinais vão da agressividade à apatia, ou fisiológicos, com vômitos, diarréa ou perda de apetite.
O coração fica acelerado, a freqüência respiratória aumenta, as pupilas dilatam e há a liberação de hormônios, como adrenalina e cortisol, na corrente sanguínea, promovendo alterações fisiológicas e comportamentais.
Nenhum organismo está preparado para viver em permanente estado de estresse.
Se isso acontecer, a tendência é o cão apresentar sintomas como parar de se alimentar, não querer brincar, se coçar, ter comportamentos repetitivos, como lamber a pata até feri-la, e comportamentos compulsivos, como correr atrás da cauda e latir sem parar.
O estresse não é uma "doença" nos animais, mas um estado bastante comum. Ele pode sim gerar queda de resistência no organismo e levar a uma doença, como é o caso da Sarna demodécica que causa alopecia e bastante prurido.
Animais que fazem xixi quando o dono chega em casa é um sinal de ansiedade!

É possível averiguar se o cão está com estresse em determinado momento oferecendo um petisco e observando como reage. Por exemplo, se ele estiver tomando banho e aceitar a guloseima é porque não está estressado. Se a recusar, é provável que esteja estressado.

Por meio de terapia comportamental, o cão pode aprender a tolerar com naturalidade situações muito estressantes para ele, como ficar em casa sozinho, ouvir barulhos de fogos, ir passear no parque com outras pessoas e animais, etc.
Há ocasiões em que o tratamento comportamental pode ser complementado por um tratamento medicamentoso, com ansiolíticos ou antidepressivos.

Antes de se chegar ao diagnóstico de estresse é necessário descartar todas as outras possíveis causas do problema! É importante promover um ambiente sempre calmo para o seu animal, evitando fatores de estresse.

bjinhos =*

12 EcoChatos:

Lucas disse...

Eu tenho um cãozinho e prestarei mta atenção nele dps dessa sua máteria!

kizer me seguir:
http://bignovas.blogspot.com/

Breno Bastos disse...

A primeira vez que vejo um trabalho sobre veterinária. Muito bom!

Fabio Rodrigues Vieira disse...

Gostei do blog!

Sua preocupação com os animais!
Muito bom mesmo!

Obrigado por ter comentado meu blog!
Já estou te seguindo!
Se puder, me segue lá tmb!

Beijos

Danie Pip S. disse...

Ah, estou com um novo membro na familia, um Pastor Alemão de 2 meses. Vou redobrar meu cuidado com ele! ;D

Ps.: Obrigada por ter comentado em meu blog!

Beatriz Verissimo disse...

nem tenho animais de estimação, só um peixinho.

Militar. disse...

aaaa queee fooodaa
eu sou lacto vegano
aghsuhsuhsuhs
imagina o quanto eu gostei do seu blog
*---------------------------*
foda mesmo
participa de alguma ong ativista

mantem contato
queerooo muuuito saber mais sobre seu trabalho
*-----------------------------------*

http://psicoticos-anonimos.blogspot.com/

to te seguindo aqui (:

Karla Hack disse...

AInda bem que meus bichinhos não apresentam nenhum destes sinais... REalmente é importante estar atento!

Mais um ótimo post!

;D

Pedro disse...

Eu tinha um cão que era assim, ele era meio revoltado com tudo e todos, deve ser pelo estresse, né?
Hoje os 3 que eu tenho não têm esses sintomas! AINDA BEM!


:)

Eu, ΞĐU disse...

Oi, Deblita...
Muuito bom o seu blog, suas idéias e seu bom gosto. Parabéns pelo trabalho.
Estou te seguindo.
Beijos no coração,
EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

Jim Carbonera disse...

Bahh blog muito util!! inda mais q tenho dois cachorros e dois gatos.

Informações preciosas.

To te seguindo com certeza!!

Bjss

http://estilodistinto.blogspot.com/

MikaelMoraes disse...

hiiii nem precisamos nos ligar nos sinais deles, são os sinais dele que se ligam na gente rssss

temos um aqui q é stressadíssimo hauahuahu nervoso pacas, só com aquela que escolheu como dona q não rsss

show o seu blog, adoramos cães

visite-nos e conheça um pouco do nosso trabalho... veja os nossos vídeos

http://mikaelmoraes.blogspot.com

Coisas Estranhas Que Só Um Idiota Diz disse...

Adorei o blog... parabéns!!!!!

Postar um comentário

Gostou? Então comenta! =D
Podem elogiar e criticar, mas peço que leiam.

Related Posts with Thumbnails